Bilhete Único Mensal Vale a Pena? Cadastro

Cadastro Bilhete Único Mensal

Conhece o sistema do Bilhete único Mensal? Este é um sistema eletrônico que unifica em um único sistema a bilhetagem dos meios de transportes. Este sistema está presentes nos principais centros urbanos e que facilita muito o cotidiano do cidadão que pega muitos transportes públicos por dia e também é uma economia significativa. Veja se vale a pena o bilhete único mensal e como fazer o seu cadastro.

bilhete unico mensal cadastro Bilhete Único Mensal Vale a Pena? Cadastro

Se costuma pegar de duas a até quatro conduções, num período de três horas poderá pagar apenas uma passagem e as demais funcionam como integração. Em São Paulo, o uso do bilhete único por um mês tem um gasto de R$ 230 e, como promessa de campanha do atual prefeito, o usuário com este valor poderá usar de forma ilimitada ônibus e metrô e trem. Caso o usuário escolha somente metrô ou ônibus desembolsará R$ 140 por mês. Para os estudantes as vantagens podem ser mais vantajosas, como pagar um valor de R$ 70 mensal (para ônibus ou trilho) e R$ 140 pelo serviço integrado de ônibus e metrô. Com esses valores da para fazer a conta se vale a pena ou não o bilhete único mensal.

Você que mora em São Paulo, pode estar se perguntando se este sistema é válido? Este pode valer para uns, como pode não valer para outros. Mas, vale mais para aquele cidadão tradicional que faz viagens regulares todos os dias. A expectativa deste sistema eletrônico que foi implantado, uma parceria entre prefeitura de São Paulo e governo do Estado de São Paulo é estimular as viagens e até o turismo na cidade nos fins de semana, aproveitando o uso dos transportes públicos para lazer. No caso, por exemplo, de um casal que deseja um lazer no final de semana, pode gastar menos de R$ 12 no transporte, se este tiver optado pelo bilhete único mensal.

Este bilhete mensal único vale mais a pena para quem faz 50 ou mais viagens por mês, menos que isso não vale a pena. Mas, alguns usuários acham esta iniciativa válida, mas temem que lote ainda mais o transporte público que é bastante congestionado. Mas, por conta deste aumento de passageiros, o sistema exige que mais ônibus sejam postos na frota. Será que isso acontece? Provavelmente o sistema não vá dar conta, mas como promessa de campanha o atual prefeito está cumprindo sua promessa. Somente esperamos que a iniciativa dê certa e ele também está investindo em novos corredores, mas o que nos falta é estrutura adequada. Agora se vale a pena a economia, apenas fazendo a conta no lápis, saiba mais em como funciona o bilhete único mensal. Para fazer o cadastro no bilhete único mensal acesse o site da Sptrans.

Bilhete único Especial – Emissão

Emissão Bilhete único Especial

Conhece o Bilhete único especial? Este é um bilhete de uso dos transportes coletivos na cidade de São Paulo destinado a pessoas da deficiência física e intelectual, de acordo com a Lei municipal 11.250 de um de outubro de 1992 que prevê a gratuidade nos transportes públicos da cidade. Mesmo assim, este público precisa ter um cartão bilhete único especial até mesmo para regularizar sua situação e que possa usufruir integralmente deste seu direito, o mesmo vale para todo o Estado de São Paulo. Confira a seguir como você pode fazer a emissão do bilhete único especial.

bilhete unico especial Bilhete único Especial   Emissão

Segundo esta lei, as Secretarias municipais de transporte e saúde ficam responsabilizadas de informar através de portaria, o tipo de patologia cujo comprometimento pode resultar na existência de deficiência física, intelectual, visual ou auditiva, até mesmo as temporárias. Existe inclusive um formulário de orientação na SPtrans (companhia de transportes urbanos paulista) que informa que tipo de deficiência abrange o bilhete único especial, que inclui inclusive aquelas temporárias, como solicitar o bilhete único especial, entre outros detalhes dessa modalidade do Bilhete Único. Começaremos pelo começo como o que é o Bilhete único especial para pessoa com deficiência que é um benefício instituído pelo município de São Paulo e que oferece melhores condições para integrar as pessoas com deficiência.

Quem tem direito ao bilhete único especial são as pessoas com deficiência física, intelectual, visual auditiva ou múltipla que pode ser congênita (ou seja, a pessoa nasceu com ela) ou não é uma deficiência congênita que é residente no município ou na Região Metropolitana de São Paulo. As patologias são definidas e identificadas pelo CID 10 (Classificação Internacional de Doenças) a maioria com comprometimentos que caracterizam a deficiência.

Dá para fazer o seu cadastro do bilhete único especial através do site da Sptrans (ver link www.sptrans.com.br) e clique em Bilhete único no menu esquerdo e em especial, pessoa com deficiência. Na pessoa com deficiência efetuar o cadastro, inserir os dados pessoais solicitados. Os dados devem estar conforme o documento de identificação e o comprovante de residência. E depois clique em cadastrar. Ao concluir o cadastro é gerado automaticamente uma senha que deve ser guardada, pois é solicitada com frequência.

Depois, após o cadastro o solicitante deverá acessá-lo para fazer a impressão do Relatório Médico que deverá ser entregue ao médico para o devido preenchimento. Para imprimir o relatório médico acesse no link acima, clicar em Bilhete único (menu esquerdo), especial, pessoa com deficiência e, inserir usuário e senha (você precisa fazer cadastro antes) e selecionar relatório médico. Este processo todo é para imprimir o mesmo relatório médico. Se tem dúvidas, consulte uma agencia do SPtrans mais próxima ou ligue para 156.

Riocard Saldo – Consulta Bilhete Único RJ

Consultar Saldo Riocard

O Bilhete Único é algo que está presente em várias cidades brasileiras inclusive no Rio de Janeiro que é administrado pela Riocard. No caso do Vale transporte da Riocard este foi criado em 1985 e que inicialmente era algo facultativo oferecido aos trabalhadores cariocas, mas que atualmente é algo obrigatório oferecido aos trabalhadores. Confira como consultar saldo do Riocard online pela internet.

riocard saldo consulta Riocard Saldo   Consulta Bilhete Único RJ

Também é proibido ao empregador substituir o Vale-transporte por antecipação em dinheiro ou qualquer outra forma de pagamento.  O Supremo Tribunal de Justiça acredita que quando pago em dinheiro, o transporte público funciona como complementação de remuneração, incorporando ao salário e está sujeito a impostos e contribuições. Desta forma, o empregado pode pleitear na justiça seu INSS, Fundo de Garantia e 13° salário, entre outras obrigações.

Entre os cartões da Riocard há vários tipos de cartões Vale transporte: Vale-transporte Convencional, Bilhete- único Vale-transporte, Bilhete Único Carioca Vale-Transporte e o Vale-Transporte Rápido.

Pelo site do Riocard é possível consultar vários informações e serviços através de uma menu superior dividido em: Cadastre-se, consultas, notícias, Sobre o VT, FAQ (das perguntas e respostas mais frequentes), Downloads e fale conosco. Destaque para o ícone “consultas” onde pode-se consultar: recarga de cartões, Pontos de vendas e entrega tarifa de entrega e consulta por CPF.

No caso do Rio Card Vale Transporte tem como fazer consultas específicas como recarga de cartões, e principalmente o saldo, no caso no campo consultas e digitar em campo específico o número do cartão e clicar em enviar e é mostrado o saldo. Neste campo é possível consultar os postos de recarga, tarifas de entrega e venda tarifas de entrega e consulta por CPF. No caso de tarifas, a emissão de cartões de  1 a 3º cartões o valor é de R$ 9,70 e o valores diminuem assim que são emitidos mais cartões (no caso de empresas que precisam solicitar vários para seus funcionários).

No caso dos pontos de recarga do Riocard, existem vários pontos de venda não só no Rio de Janeiro, mas em Jacarepaguá, Campos, Duque de Caxias, Macaé, Nova Iguaçu, Rio de Janeiro, Teresópolis e Petrópolis. No Rio de Janeiro há inclusive vários pontos de venda e recarga.

Ainda não tem o Rio card? Pode cadastrar-se no mesmo através do ícone Cadastre-se, digitando seus dados se é pessoa jurídica ou pessoa física; no caso de pessoa jurídica, deve-se digitar o CNPJ e outros dados. No caso de empresa e e-mail. Por isso para consultar o saldo do Rio card online e obter mais informações acesse o seguinte link www.cartaoriocard.com.br.

Bilhete Único Mensal Como Funciona

bilhete-unico-mensal-como-funciona

Como Funciona o Bilhete Único Mensal

Muitas cidades brasileiras têm investido na comodidade do Bilhete único, pois traz muitos benefícios aos cidadãos que usam transporte público como fazer várias viagens pagando uma tarifa apenas, o que é muito bom certo? Um dessas cidades que tem bilhete único é São Paulo que tem como novidade atual o Bilhete único mensal.

bilhete unico mensal como funciona Bilhete Único Mensal Como Funciona

O bilhete Único mensal funciona de forma semelhante que o bilhete único quanto ao benefício de pagar uma tarifa e fazer várias viagens de transporte público a diferença é que esse bilhete único mensal permite que seu titular com um único valor debitado para o mês possa usar o transporte coletivo por 31 dias a contar da data da primeira utilização. Por exemplo, se utilizou pela primeira vez o cartão bilhete mensal dia 10/01/2014 a validade do cartão adquirido expirará em dia 10/02/2014.

No caso do bilhete único mensal pode-se usar o bilhete único comum que pode ser utilizado da forma atual como o benefício do bilhete mensal. Quando adquirido o bilhete mensal este vale exatamente por 31 dias e ficam armazenados no novo bilhete único aguardando a ativação e esta acontece quando o usuário usa seu bilhete após ter posto este benefício.  Para adquiri o bilhete único mensal a pessoa deve fazer o cadastramento para obter o benefício do bilhete mensal que e recente e começa a funcionar no primeiro semestre de 2014, uma funcionalidade que permitirá ao usuário, por meio do portal do bilhete único (http://bilheteunico.sptrans.com.br) e concordar com termo de adesão, enviar arquivo eletrônico com uma foto 3×4, escolher uma estampa e um local para retirada do cartão que pode ser um posto da Sptrans mais próximo do seu endereço. O cadastro do bilhete único mensal deve ser feito, pois permite que tenha acesso ao portal do bilhete único, acesso às informações, utilização do cartão, saldo e até a solicitação de cancelamento, se for o caso através do portal bilhete único. Lembrando que para fazer o cadastro é necessário possuir o CPF, RG, endereço eletrônico (e-mail) e senha para acesso ao sistema. Para os maiores de 16 anos o CPF não é obrigatório; e os menores de 16 anos podem usar o CPF de seus pais ou responsáveis, mas é obrigatório o seu RG próprio, independente da idade. O cadastramento para o bilhete único mensal pode ser feito até dia 15/04/2014 e será um cadastro por tempo indeterminado. Por isso, precisa de mais informações? Consulte o link acima ou procure uma SPTrans ou na sua cidade onde é feito o bilhete único.